29 de maio de 2011

Chicharro no forno

Yum
Quando comprei estes chicharros era com a ideia de os fazer na brasa. Mas quando chegou a hora de os cozinhar, tinha o forno ligado a acabar a cozedura de uns bolinhos, e deu-me ao mesmo tempo uma preguiça enorme de ir acender carvão.... a verdade é que eles acabaram, bem simples, dentro de um tabuleiro no forno... e ficaram muito bons!!
Quando o peixe é bom, é bom qualquer seja a forma que o cozinhemos... esta foi a prova. 



Ingredientes:
2 chicharros grandes
2 limões (sumo)
sal q.b.

Preparação:
Tempere o peixe de sal. Regue o fundo de um tabuleiro de ir ao forno com azeite, e coloque em cima os chicharros e regue com o sumo de limão.
Leve ao forno a 180ºC durante 30 minutos.
Sirva acompanhado com legumes.

26 de maio de 2011

Biscoitos de aveia

Yum
Maravilhosos pedacinhos!
Estes biscoitos, podem não ter o aspecto perfeito, mas são simplesmente divinais!... para o meu gosto claro...
Fiz umas pequenas alterações à receita original porque não sou apreciadora de passas, e embora não sabendo como ficariam as outras, gostei muito do resultado que obtive com a minha selecção de ingredientes.
Sem dúvida uma receita a duplicar!



Ingredientes (12 biscoitos do tamanho de 1 c. sopa):
60g de margarina
125g 90g de açúcar
1 ovo batido
50g de farinha de trigo
1/2 c. chá de sal
1/2 c. chá de fermento
175g de flocos de aveia
125g de passas  amêndoas em lascas e pinhões
2 c. sopa de sementes de sésamo







Preparação:
Bata a margarina e o açúcar até obter uma massa esbranquiçada e fofa. Gradualmente adicione o ovo batido, batendo sempre entre cada adição. Peneire a farinha e o fermento sobre a misture de ovos, junte o sal, e depois misture delicadamente. Junte os flocos de aveia, a amêndoa, os pinhões e as sementes de sésamo e volte a envolver muito bem e delicadamente.
Num tabuleiro untado vá colocando colheres desta mistura, bem espaçadas.
Leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, durante 15 minutos ou até que estejam bem douradinhos.
Deixe arrefecer ligeiramente e depois com cuidado transfira para um grelha e deixe arrefecer completamente antes de servir.

Fonte: No forno - Edição Parragon Books Ltd.

25 de maio de 2011

Filetes de solha com salteado de espinafres e alho francês

Yum
O peixe tem sido rei ultimamente cá em casa.
Esta receita é levemente inspirada numa receita do chef Olivier... e ficou bastante agradável.



Ingredientes:
filetes de solha 
farinha
6 dentes de alho
400g de espinafres congelados
1 alho francês cortado às rodelas
1 c. sopa de margarina (pouco cheia)
azeite, sal e pimenta q.b.
sumo de limão

Preparação:
Comece por temperar os filetes com sal, pimenta e sumo de limão.
Numa frigideira junte um azeite fio de azeite e os alhos esmagados. Deixe aquecer (sem queimar os alhos) e de seguida junte o alho francês e os espinafres. Deixe saltear em lume muito brando até os legumes estarem tenros. Quando pronto regue com umas gotas de sumo de limão.
Seque os filetes, e passe-os levemente por farinha. Numa frigideira, aqueça um pouco de azeite, e depois de quente coloque os filetes de solha. Alguns minutos depois vire-os.Deixe mais uns minutos e depois junte a manteiga para dar um pouco de cor e sabor. Não deixe cozinhar muito senão a manteiga vai queimar. Retire a frigideira do lume e regue os filetes com sumo de limão. Sirva de imediato.

Nota: Eu acompanhei ainda com arroz branco.

Bom apetite!

22 de maio de 2011

Pescada frita com ervas aromáticas

Yum
Este peixe ficou agradavelmente saboroso!!


Ingredientes:
pescada partida para fritar (normalmente conto 3 postinhas/pessoa)
~125g pão ralado
1 c. sopa de oregãos
1 c. sopa de tomilho
1 ovo batido
sal q.b.
sumo de limão

Preparação:
Comece por temperar o peixe com sal e sumo de limão, deixando de preferência marinar um pouco.
Misture o pão ralado com as ervas aromáticas.
Passe as postas de pescada pelo ovo batido e de seguida pelo pão ralado.
Leve a fritar, e depois escorra em papel absorvente.
Nota: Eu fritei na Actifry, com a cuba levemente untado de azeite. (coloquei um fio de azeite na cuba e depois espalhei com um pincel.)

20 de maio de 2011

Sopa de feijão com lombardo

Yum
Esta sopinha foi feita com o que sobrou da receita anterior, ou seja, a água da cozedura do feijão... seria um desperdício enorme não aproveitar aquele caldo!


Foi só juntar ao caldo que tinha ainda 1/2 dúzia de feijões:
3 batatinhas
1 cebola
1 cenoura
Deixei ferver durante uns minutos, reduzi os legumes a puré e acrescentei a couve lombarda cortadinha bem fininha!...Juntei 1 mão bem cheia de massa cotovelos e deixei cozer em lume bem brando. Depois apaguei o lume juntei um generoso fio de azeite, mexi e servi.

Estava divinal!

Bom fim de semana!!

19 de maio de 2011

Picadinho de salsicha com feijão

Yum
Esta receita é sem dúvida muito mais apropriada para os dias frios de Inverno, mas eu não resisti, e não consegui esperar que esses dias voltassem, para poder experimentar esta receita.
Adoro todos os ingredientes, por isso não resisti....
Ficou uma refeição mesmo ao gosto de todos cá de casa.


Ingredientes:
6/8 salsichas frescas
500g de feijão encarnado cozido (ou 1 lata grande de feijão já cozido)
1 tomate congelado grande
3/4 ovos
manteiga ou azeite (2 c. sopa)
sal e pimenta preta moída na altura

Preparação:
De véspera coloque o feijão de molho. Leva a cozer na panela de pressão com água temperada de sal. Quando levantar fervura, reduza o lume e deixe cozer durante cerca de 15 minutos. Apague o lume e deixe tapado até que a pressão reduza.
Retire a pele às salsichas. Leve ao lume uma caçarola com o azeite e junte a carne, e salteie, mexendo sempre. Tempere de sal e de pimenta, reduza o lume, e deixe cozinhar.
Lave o tomate e retire a pele, e junte-o à carne. Adicione o feijão, envolva delicadamente, e deixe ferver sobre lume brando (caso seja necessário acrescente um pouco da água da cozedura do feijão).
Bata os ovos, tempere-os de sal. Numa frigideira coloque um fiozinho de azeite, deixe aquecer e depois verta os ovos. Deixe coagular sobre lume brando mexendo de vez em quando, mas não deixe secar demasiado.
Junte os ovos ao preparado de salsichas e sirva de imediato.

Fonte: Inspirada numa receita da revista Saberes & Sabores n.º203

18 de maio de 2011

Biscoitos de limão

Yum
- Ainda não há biscoitos para o café?!... A "boleira" anda de férias... - dizia o meu pai, reclamando a ausência de bolinhos para acompanhar o café...
A verdade é que não tenho tido muito tempo... os dias não chegam para tudo, e se houvessem alguns com 48 horas tenho a sensação que ainda assim não chegariam!
Mas este fim de semana, meti mãos à obra e fiz uns biscoitos!
Recorri aos fiéis e habituais companheiros, e descobri estas delicias de limão.
São muito fofinhos e agradavelmente frescos.
Foi uma boa aposta!
E foi muito agradável voltar a ter a família à mesa com bolinhos para acompanhar o café!







Ingredientes:
100g de manteiga amolecida
125g de açúcar
1 limão (casca + 50ml de sumo)
1 ovo batido
350g de farinha de trigo
1 c. chá de fermento
1 c. sopa de leite
açúcar em pó para polvilhar

Preparação:
Numa taça, bata a margarina com o açúcar e a casca do limão até obter uma massa esbranquiçada e fofa. Junte o ovo batido e o sumo de limão, aos poucos, batendo bem a cada adição.
Peneire a farinha com o fermento e adicione à mistura. Misture bem. Junte o leite e misture novamente até obter uma massa mole.
Vá retirando pequenos pedaços de massa, faça rolinhos e faça os biscoitos na forma desejada.
Coloque os biscoitos em tabuleiros untados e polvilhados de farinha, e leve ao forno, pré-aquecido a 160ºC, durante 15-20 minutos. Findo este tempo, retire-os e transfira-os para uma grelha e deixe arrefecer.
Por fim polvilhe com o açúcar em pó.

Fonte: No forno -  Edição Parragon Books Ltd

16 de maio de 2011

Rolinhos de peixe gato com lombarda

Yum
Às vezes uma boa refeição é tão simples quanto juntar ingredientes que gostamos...


Ingredientes:
4 filetes de peixe (usei de peixe gato)
1 couve lombarda cortada em juliana muito fininha
4/5 folhas de hortelã
4 cenouras pequenas
1 cebola
2 dentes de alho
azeite e sal q.b.

Preparação:
Tempere os filetes com sal e limão, e deixe marinar um pouco.
Descasque as cenouras e parta-as em 4 no sentido do comprimento. Enrole os filetes com as cenouras lá dentro. Se for necessário, para que os filetes não se desmanchem, ate-os com  fio de cozinha  (os que usei eram bastante grandes e não foi necessário).
Numa caçarola, leve ao lume um fio generoso de azeite e refogue a cebola e os dentes de alho bem picadinhos. Quando a cebola estiver translúcida, junte a lombarda e as folhas de hortelã, envolva bem e tempere levemente de sal. Por cima coloque os filetes de peixe. Tape a caçarola, e deixe cozinhar por cerca de 30 minutos, em lume muito brando, quase no mínimo.

Bom Apetite!

15 de maio de 2011

Ovos recheados (outra receita)

Yum
Na minha opinião, ovos recheados, é uma daquelas entradas que além de fácil é sucesso garantido.
Aqui fica mais uma versão.






Ingredientes:
4 ovos
1/2 linguiça
1 iogurte natural
salsa q.b.

Preparação:
Comece por cozer os ovos. Depois de cozidos e descascados, corte-os ao meio, retire as gemas para uma taça, e reserve as claras. Retire a pele à linguiça e pique-a numa picadora. Junte-a às gemas. Junte o iogurte e a salsa bem picadinha e envolva tudo muito bem. Com este preparado, recheie as claras.

13 de maio de 2011

Lombo de porco assado com citrinos

Yum
Receita que use citrinos, eu tenho de experimentar. E esta é uma receita que certamente repetirei. MUITO, MUITO boa. A receita original usava somente laranja e lima, mas eu decidi incluir o (meu tão adorado) limão.
Gostei realmente muito. A carne ficou muito tenra, perfumada, frutada, DELICIOSA.





Ingredientes:
1 laranja
sumo de 2 laranjas
1 limão
sumo de 1 limão
1 lima
1 lombo de porco
5/6 dentes de alho grandes
1 c. sopa de oregãos
azeite q.b.
sal e pimenta q.b.

Preparação:
Comece por picar o alho com um pouco de azeite até formar uma pasta. Adicione depois os oregãos, sal e pimenta (de preferência moída na hora). Barre o lombo de porco com esta pasta e deixe marinar juntamente com os sumos da laranja e do limão, pelo menos durante umas 2 horas. 
Antes de levar ao forno, pré-aquecido a 180ºC, junte umas umas rodelas de laranja, limão e lima, e leve a assar durante pelo menos 45 minutos, ou até que esteja cozido.

Bom Apetite!

Fonte: Continente Magazine #5

10 de maio de 2011

Bolo fino de maçã

Yum
Quando vi a receita deste bolo, achei que ele me agradaria, e de facto não me desiludiu.
A maçã incluída ás fatias confere-lhe uma consistência húmida, o que me agrada muito, uma vez que não sou grande apreciadora de bolos de fatia secos.
Esta foi sem dúvida uma boa aposta.
Espero que gostem também.





Ingredientes:
250g de farinha de trigo
250g de açúcar
100g de manteiga
4 maçãs grandes (usei maçãs verdes)
4 ovos
1 c. sobremesa (bem cheia) de fermento químico
sumo de limão (q.b.)
manteiga para untar+farinha para polvilhar forma
Papel vegetal para forrar forma

Preparação:
Comece por untar a forma com manteiga, forre-a com o papel vegetal, unte-a novamente e polvilhe de farinha.
Descasque as maçãs, corte-as em quartos, retire as sementes, e depois corte em fatias muito finas e regue-as com sumo de limão, e reserve.
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Numa tigela bata bem a manteiga com o açúcar, e depois junte os ovos, um a um, batendo sempre. Adicione de seguida a farinha misturada com o fermento, aos poucos e batendo sempre muito bem.
Deite um pouco da mistura anterior na forma, coloque por cima duas camadas de maçã e cubra com mais massa. Repita a operação até acabar a massa e a maçã, sendo que a última camada seja de massa.
Leve ao forno durante cerca de 45 minutos, ou até que o bolo esteja cozido (espete um palito no meio do bolo e se este sair sem massa agarrada, então está cozido). Se durante este tempo o bolo começar a ficar muito escuro sem que esteja cozido cubra o bolo com uma folha de papel de alumínio.
Quando estiver cozido desenforme, e se quiser sirva polvilhado se açúcar em pó.

Fonte: Teleculinária n.º 1665

8 de maio de 2011

Carne de porco à Alentejana

Yum
Tenho de confessar que aprecio bastante a cozinha tradicional portuguesa. Não sei se gostarei de todos os pratos, nem sequer posso afirmar que já confeccionei grande parte deles, mas os que comi, posso dizer que gosto muito.
Este é um deles, e que curiosamente nunca tinha feito... 
É tradicional e é muito bom!
E curiosamente descobri que este prato maravilhoso, por sinal, não tem a sua origem no Alentejo, como o seu nome poderá levar a crer, mas sim no Algarve. Durante o Séc. XX a industria conserveira conheceu o seu auge nesta região, e consequentemente gerou outras indústrias à sua volta, nomeadamente o aproveitamento das espinhas dos peixes na confecção de farinhas, que eram usadas depois na alimentação dos suínos. Mas este tipo de alimentação, conferia um sabor estranho à carne dos animais, diziam as pessoas que a carne sabia a peixe, e os suínos do Algarve (apesar de em maior quantidade) não conseguiam competir com a fama e reconhecida qualidade da carne do porco Alentejano.... Reza a "lenda", que um certo dia, uma cozinheira, teve a ideia de experimentar juntar amêijoas, na confecção da carne para que o sabor das mesmas escondesse o sabor a peixe da carne. A moda não tardou a pegar, e até os alentejanos passaram a comer porco do Alentejo, criado no Algarve!








Ingredientes:
750g de carne de porco cortada aos cubos
1Kg de ameijoa
2/3 c. sopa de massa de pimentão
5/6 dentes de alho
sal q.b.
5 batatas grandes cortadas aos cubos
salsa coentros q.b.

Preparação:
De preferência tempere a carne de véspera. Esmague os alhos, junte sal e a calda de pimentão, e envolva a carne nesta mistura.
Num tacho de barro ou numa caçarola de fundo grosso (preferencialmente) deite um generoso fio de azeite (ou banha de porco) e frite muito bem a carne.
Entretanto frite as batatas.
Quando a carne estiver bem frita, junte as ameijoas (previamente bem lavadas) e deixe que estas abram em lume forte.
Sirva a carne acompanhada das batatas fritas, polvilhada com a salsa os coentros.

Bom apetite!

Fontes: Carne de Porco à Alentejana - 1000 Sabores do Mundo - Girassol Edições
História da receita: Montargil.com - Carne Porco à Alentejana - As Origens

Nota:  A Elsa comentou (ver comentários) e com razão, que tradicionalmente esta receita leva coentros e não salsa. Quando a fiz não tinha coentros (que aliás prefiro) e por isso usei salsa. Fica a ressalva. Obrigado!

3 de maio de 2011

Queijadinhas de laranja

Yum
Queijadinhas do tamanho de um dedal...docinhas, macias, maravilhosas concentrações de laranja.

A história da laranja inicia-se na Índia, onde era conhecida pelo nome nareng. Da Índia este fruto espalhou-se pela restante Ásia, e da Ásia chegou à Europa ainda no tempo das Cruzadas trazida pelos cavaleiros da Guerra Santa. Um dos primeiros locais da Europa onde se iniciou o cultivo da laranja foi em França.
As laranjas são frutas riquíssimas em vitaminas C, que tem como principais funções auxiliar o organismo na resistência às infecções, formação dos ossos e dentes, cicatrização das feridas e queimaduras; ela reforça as defesas do organismo contra quase todas as agressões.
Por isso, neste blog recomenda-se o consumo de laranja  ;)
em forma de queijadinhas...












Ingredientes:
1/2 Lt leite
175 g farinha
40 g manteiga
300g açúcar
4 ovos
Raspa e sumo de 1 Laranja

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Ponha o leite ao lume e quando ferver junte a manteiga.
Retire do lume e deixe amornar.
À parte misture a farinha com o açúcar e a seguir os ovos um por um, bata até obter um creme homogéneo.De seguida junte a raspa e o sumo de laranja e o leite em fio, mexendo sempre.
Unte bem as formas e encha com a massa. Leve ao forno a cozer durante 25 minutos.
Desenforme e, se quiser, sirva em formas de papel.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...