14 de janeiro de 2018

Fettuccine Fresco de Castanha com Cogumelos e Ervilhas {Homemade Chestnut Pasta with Mushrooms and Peas}

Yum

Esta é uma daquelas receitas que estava em lista de espera há imenso tempo. E quando digo imenso, acreditem, é mesmo imenso. Primeiro foi ficando em fila de espera porque não tinha a máquina de fazer a massa e achei que valeria a pena esperar por comprá-la para fazer a massa de uma forma mais rápida e mais perfeita. Depois de comprar a máquina, posso dizer que esta ficou imenso, mas também mesmo imenso, tempo parada à espera na minha despensa. Sem conseguir explicar muito bem o porquê e apesar de ser uma daquelas experiências que desde sempre me fascinou e que queria muito fazer, cada vez que pensava em ir buscar a máquina, acabava sempre por arranjar uma desculpa qualquer para adiar o processo.
Mas no fim-de-semana passado, motivada não sei bem por que força maior, lá fui toda decidida buscar a máquina à despensa, e coloquei mãos à obra.
Não é segredo para ninguém que a massa fresca é muito melhor que a massa seca. Disso eu não tinha dúvidas, até porque felizmente já vamos encontrando massa fresca à venda. No entanto, poder participar em todo o processo, desde o pesar dos ingredientes até à última garfada é uma sensação indescritível. Aqui há dias a conversar com um chef amigo, ele contava-me que há uns tempos estava na cozinha a testar uma receita e começou a rir. Um dos colegas perguntou-lhe do que se ria e ele respondeu que se ria porque o que estava a fazer estava a resultar, estava mesmo a resultar e a alegria, a satisfação que sentia era tão grande que era impossível não exteriorizar a satisfação. Foi exatamente isto que eu senti quando acabei de fazer a massa, a cozinhei e a servi. Pura satisfação. Puro deleite. Completamente maravilhada por ter acabado de fazer esta receita, com a sensação que cozinhar é maravilhoso.

Espero que gostem e que ela vos inspire. Obrigado por estarem desse lado.



10 de janeiro de 2018

Granola de Laranja & Coco {Orange & Coconut Granola}

Yum

Devo de ser das pessoas mais desinteressante no que a pequeno-almoço diz respeito. Sim porque, bolas, noutros temas conto e vivo com a presunção que sou uma pessoa interessante 😊
Bom, mas voltando ao PA. O meu PA resume-se sempre, e quando eu digo sempre é mesmo sempre, a uma chávena grande de chá e uma torrada. Seja inverno, verão e demais estações. Sempre. Invariavelmente. Eu disse. Desinteressante.
Por isso todas aquelas receitas maravilhosas que podemos desfrutar pela manhazinha eu prefiro desfrutar à tarde. Manias.

Mas não te tomem por exemplo (please!) e sejam pessoas sensatas, interessantes, divertidas, curiosas e explorem todas as possibilidades de tomar um bom e nutritivo pequeno-almoço.

Para isso deixo-vos uma boa sugestão: Granola de Laranja & Coco para desfrutar até à última migalhinha de manhã à noite.

Boa quarta-feira!



8 de janeiro de 2018

Marmelada de Laranja {Orange Marmalade}

Yum

Não sou a maior das apreciadoras de compotas, marmeladas e afins... gosto particularmente de uma geleia que faço todos os anos, a geleia de romã, mas outras compotas ou marmeladas, gosto de comer muito de vez em quanto.
Contudo, este mês, dedicado às laranjas, achei que deveria fazer uma marmelada. Já tinha visto imensas receitas e achei que era a oportunidade certa para concretizar a ideia.
Existe uma panóplia imensa de receitas. A grande maioria usa a casca também, ideia que me entusiasmou ao inicio, mas que abandonei ao final de 3 tentativas para encontrar uma marmelada que realmente me agradasse.
Comecei por experimentar uma que cozinhava as cascas cortadas em juliana bem fininha, introduzindo depois a laranja e toda a parte branca da casca (para aproveitar a pectina) depois da casca estar bem cozida.  Ficou muito amarga para o meu gosto… depois pesquisei outras receitas em busca de uma que não ficasse com um trago amargo e descobri um blogue que tinha a dica de escaldar a casca por 3 vezes, descartando sempre a água entre fervuras, cujo resultado final embora me tenha agradado, não me encantou por encontrar os pedaços de cascas no meio da marmelada. Mas aqui tenho a certeza que é só mesmo uma questão de gosto pessoal. Manias.
Por fim, achei que deveria seguir um pouco o meu instinto, e acabei por fazer uma receita onde incluí um pouco da água de escaldar as cascas da laranjas mas sem as incluir na elaboração da marmelada final. Foi sem dúvida a que mais me agradou, quer na cor, consistência e sabor.

Assim aqui fica a receita da minha Marmelada de Laranja 😊



2 de janeiro de 2018

Janeiro é mês de...

Yum


Eis-nos a começar um Novo Ano!  Altura em que todas as pessoas do mundo se unem no sentimento da possibilidade de tentar de novo e recomeçar do zero. De olhar em frente, esperando sempre o melhor nos próximos 365 dias.
É o firmar ou o traçar de novos objetivos, metas, compromissos, decisões.  Relembrar o que nos inspira e o que nos faz caminhar para um novo ciclo.
Seja qual forem as resoluções de Ano Novo, o mais importante é tomarmos as decisões com firmeza, determinação e respeito, tentando ser e fazer alguém feliz. Aproveitarmos para fazer a diferença nestes novos 365 dias.

Por aqui, inicia-se um novo ciclo do “Ingrediente do Mês”, abrindo a possibilidade a 12 novos ingredientes de se tornarem estrelas principais e brilharem em deliciosas e inspiradoras receitas.
Espero que neste novo ano possa continuar a contar com a vossa ajuda neste projeto que pretende mostrar como podemos tirar o melhor partido dos ingredientes que a Mãe Natureza nos coloca à disposição, no auge da sua maturação e sabor, aproveitando ao máximo as suas potencialidades.

Para estrela principal neste Novo Ano, decidi escolher a Laranja. Uma fruta redondinha, de cor vibrante, de sabor cítrico e refrescante. A aliada perfeita para nos ajudar a desintoxicar de alguns excessos cometidos na quadra que passou 😊



Assim deixo de novo o convite: juntem-se a mim, e até ao último dia do mês de janeiro, inclusive, tragam uma receita, talvez aquela que tantas vezes tem ficado em lista de espera, ou aquela que repetem vezes sem conta nas vossas cozinhas sem que lhe tivessem dado o devido destaque, ou a outra que é de família, a que tem um segredo, aquela que desperta memórias…A única regra é que tenha Laranja, a destaque e valorize enquanto ingrediente!

1 de janeiro de 2018

O nosso amendoado dezembro!...

Yum

Pode soar a cliché, mas a verdade é que é incrível que já tenha passado mais um ano. 365 dias.
Foi um ano bom. Pleno de experiências, vivências, descobertas, boas vibrações, com alguns momentos difíceis e angustiantes, mas que fazem falta também, para manter um equilíbrio.
Mas no geral foi um ano generoso, quer ao nível pessoal como profissional.

No que ao blogue diz respeito, foi um ano fabuloso. “O Ingrediente do Mês” levou a que este espaço evoluísse um pouco e me desse um alento que de vez em quando faltava. Como em tudo, existiram tempos bons e outros menos bons, mas globalmente o blogue proporcionou-me momentos que marcaram e que me tem possibilitaram evoluir a todos os níveis.

Tal como disse no ultima publicação, a sensação que fica no fim deste ano é gratidão. Sou muito grata a tudo o que se passou e ao que tive oportunidade de vivenciar. Grata a todos os que me vão acompanhando nesta aventura deliciosa! Grata. Muito grata.

E agora sem mais demoras, vamos desfrutar desta nossa ultima mesa deste ano. Uma mesa que se adivinhava farta em receitas divinais e que não desilude. Obrigado por tudo e Bom Apetite!



Pratos Principais


O Diário da Inês




Doces


O Diário da Inês


Fast n’ Easy

Fast n’ Easy

O Diário da Inês


O Diário da Inês


O Diário da Inês


O Diário da Inês


O Diário da Inês


O Diário da Inês


O Diário da Inês


O Diário da Inês

L’air du Temps


Sugar Bites


As Receitas da Mãe Galinha


As Receitas da Mãe Galinha


As Receitas da Mãe Galinha


Receitas da Belinha Gulosa


Basta cheio


Intrusa na Cozinha


Intrusa na Cozinha


Intrusa na Cozinha


23 de dezembro de 2017

Gratidão..

Yum

Gratidão. É com um enorme sentimento de gratidão que chego ao final de 2017.
Grata aos meus poucos, mas fiéis amigos.
Grata aos meus pais. Sempre presentes e disponíveis. Grata pelo seu carinho, amizade e apoio constante e incondicional. Grata por estarem sempre dispostos a serem as minhas cobaias!
Grata pelos e aos meus filhos. Miúdos como eu vos adoro! Mesmo nos dias em que estou rabugenta, aborrecida e implicativa porque vocês às vezes me deixam de cabelos no ar!…
Grata ao meu marido. Por tudo. Por me apoiares sempre. Por seres o meu maior fã. Por me apoiares incondicionalmente. Por seres o meu confidente, o amor da minha vida, o meu mais que tudo, sempre e para sempre.  

Grata por vos ter desse lado. Pelo tudo o que se passou neste blog este ano. Imensa gratidão pelas pessoas maravilhosas que conheci ao longo destes 8 anos. Pelo que evolui enquanto pessoa, blogger e cozinheira.


Muito, muito grata! Um bem-haja a todos e votos de um Natal feliz, cheio de momentos doces e alegres, cheio de gargalhadas e filhós, de sonhos e prendinhas. E de um ano de 2018 pleno de projetos e desejos concretizados!
A todos, um beijinho enorme e até para o ano.  Esta é a ultima publicação deste ano, porque agora é hora de dedicação à família, de virar todas as atenções e mimar os que mais gostamos.
Até para o ano!



10 de dezembro de 2017

Pavlova de Natal {Christmas Pavlova}

Yum

Procuram uma sobremesa pouco doce para o Natal?
         Então não é esta…
Procuram uma sobremesa saudável e com poucas calorias para o Natal?
         Ah então seguramente não é esta…

Procuram uma sobremesa decadente, sublime, deslumbrante, sedutora, pronta a satisfazer a maior das gulas,
         Então encontraram a sobremesa certa! 😊

Deixei-me cativar uma vez mais bela beleza das pavlovas, mas desta vez dei-lhe uma forma mais natalícia.
Uma coroa sumptuosa e deliciosa.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...