16 de outubro de 2017

Pãezinhos de Sementes com Chèvre {Chèvre Seed Rolls}

Yum

Celebrado em 16 de outubro, data da fundação da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), o Dia Mundial de Alimentação tem como tema em 2017 “Mudar o futuro da migração: investir em segurança alimentar e no desenvolvimento rural”. A data é celebrada em mais de 150 países para chamar a atenção sobre questões relativas à nutrição e à alimentação.
Homens, mulheres e crianças em situação migratória provenientes do Oriente Médio e norte da África, Ásia Central, América Latina e Europa Oriental. Um terço deles na faixa etária de 15 a 34 anos. Grande parte dessas pessoas deixou seu lugar de origem para fugir de conflitos, perseguição e desastres naturais ou como uma saída para escapar da pobreza.
Comemorar o Dia Mundial da Alimentação é também uma oportunidade para relembrar a importância de uma alimentação saudável e equilibrada.
A par desta celebração, em 2006 a Zorra criou um evento, o World Bread Day, que todos os anos une bloggers de todo o mundo na tarefa de cozinhar pão.
E aceitando novamente o seu convite, trago desta vez uns pãezinhos de sementes recheados com queijo chèvre, que não tiveram tempo de arrefecer tal foi a velocidade com que desapareceram!
Espero que gostem, e que aproveite ao máximo este dia e o tornem especial.




13 de outubro de 2017

Salada de Ventresca de Atum, Romã e Abacate {Tuna, Pomegranate and Avocado Salad}

Yum

Existem receitas que nos enchem o olhar, despertam sensações e depois deliciam-nos. Fechamos os olhos e somos catapultados para um local mágico de bons aromas e sabores. Há receitas assim. Há receitas que foram concebidas só para nos deixar de bem com a vida. Esta é uma receita assim. Para nos deixar de bem com a vida.  Onde cada ingrediente tem o seu local de destaque e todos se fundem maravilhosamente.

Por favor não deixem de experimentar. Tem tanto de fácil como de bom.



11 de outubro de 2017

Churros de Castanha {Chestnut Churros}

Yum

A 21ª edição do Sweet World leva-nos até Espanha e desafia-nos a fazer uns deliciosos e emblemáticos churros.
Falamos de churros e automaticamente nos transportamos para Espanha e é impossível falarmos de Espanha sem nos lembrarmos de churros.
Por terras lusas temos as nossas farturas, que são primas direitas dos churros, e que me lembram invariavelmente de festas, romarias, roulottes, música “pimba” e muita diversão. Sim é um doce bem folião e que nos transmite boas vibrações e alegria. Digam lá se não são felizes quando comem uma doce fartura acabadinha de fazer, bem quentinha?
Bom, se por terras lusas é mais comum comer-se as farturas em festas e romarias populares, sendo um doce que não levamos comumente à nossa mesa, já por terras espanholas não é bem assim. É fácil encontrarmos este doce servido ao pequeno almoço ou lanche, e são várias as casas que os vendem. Lembro-me bem da minha primeira viagem a Espanha, bem ingénua, sem dominar minimamente a língua e bem novinha, peço um café e servem-me uma malga de café com leite e churros a acompanhar…eu que só queria um expresso bem curtinho e cheio de cafeína…

Curiosidades e folias à parte, este doce, como diz a Susana, deverá ser o tema mais fácil que alguma vez foi proposto no Sweet World. Não tem muitos ingredientes e a sua elaboração é facilíssima. Não senti dificuldade alguma na sua execução à exceção da parte da fritura, onde resida talvez o único senão. Fiz os churros por duas vezes, e da primeira a massa não ficou muito bem cozida. Estavam bons, desapareceram todos, mas não fiquei satisfeita com a sua consistência. Um bom churro deve ser estaladiço por fora e macio por dentro, e os meus tinham ficado demasiado al dente. Depois de os fazer lembrei-me da regra de ouro de fazer as Bolas de Berlim, e que consiste no facto do óleo estar quente mas não demasiado quente, ou corre-se o risco da massa cozer rapidamente por fora e ficar crua por dentro. Por isso na segunda fornada tive mais atenção à temperatura do óleo e ficaram muito, mas mesmo muito melhores.

Decidi introduzir só uma pequena alteração à receita apresentada pela Susana, que consistiu na introdução de farinha de castanha, e que acreditem faz TODA a diferença. O sabor é tão, mas tão bom!
Tive algum receio de fazer só com farinha de castanha, mas acho que ainda vou experimentar, ou pelo menos usar um rácio maior. Portanto esta é ainda uma receita em evolução 😊
Mas para primeira experiência correu muito bem, é bom e recomenda-se!
Espero que gostem da sugestão e se sintam inspirados a experimentar 😉


9 de outubro de 2017

Frango Assado com Romã {Pomegranate Roast Chicken}

Yum

Domingo é sinonimo de moleza na cozinha. Agora que chegou o outono (embora não pareça – meu deus que calor é este!), a época dos assados cá em casa está oficialmente aberta e dificilmente se passa um domingo sem um delicoso assado.
A comida de forno reserva-nos o direito a alguma tranquilidade, além de disponibilidade para fazer outras coisas nem que seja rigorosamente nada, enquanto o forno faz aquilo que tão bem sabe fazer: comidinha caseira boa.
Este frango , além de delicioso fica, na minha opinião, visualmente deslumbrante. Faz claramente as honras da mesa.
Gostei bastante do sabor que a geleia conferiu à carne, mas gostei ainda mais de sentir as pequenas “explosões” de doce e frescura dos bagos de romã. Uma receita que tem tudo para ser um sucesso.




1 de outubro de 2017

Outubro é mês de...

Yum

Bem-vindo outubro!
Aqui está ele, o mês que consagra a chegada do outono.
Acabou o Verão, a rotina está instalada e a normalidade regressou às nossas vidas. Um mês tranquilo, mas cheio de coisas para fazer, dentro ou fora de casa.
Já não apetece tanto saladinhas frias e sumos refrescantes, estamos de volta aos legumes no forno e às sopas, ao cozinhar em família e de regresso ao forno!
Outubro cheira a fumo, a castanha assada! que saudades delas! …
Faz-me falta sentir o cheiro a terra molhada das primeiras chuvas de outono! Onde anda a chuva?... sim eu sei que a chuva é incómoda, raros são os que gostam dela, mas começa a ser premente que chova. E o cheirinho a terra molhada também é bem-vindo 😊

O mês de outubro é abundante em frutos e vegetais. Temos as abóboras (a escolha fabulosa do ano passado), as romãs, as uvas, as castanhas, os frutos secos, os diospiros, as acelgas, os agriões, a beterraba, as couves, os espinafres… tantos e tão bons!

Apesar do leque enorme de possíveis escolhas, confesso que este mês não foi difícil a eleição do Ingrediente do Mês. A escolha recaiu sobre um fruto que adoro, que acho lindíssimo e que marca claramente o outubro. Vamos ter o mês da Romã!



E assim, deixo de novo o convite: juntem-se a mim, e até ao último dia do mês de outubro, inclusive, tragam uma receita, talvez aquela que tantas vezes tem ficado em lista de espera, ou aquela que repetem vezes sem conta nas vossas cozinhas sem que lhe tivessem dado o devido destaque, ou a outra que é de família, a que tem um segredo, aquela que desperta memórias… A única regra é que tenha Romã e a destaque e valorize enquanto ingrediente!
Deixem o link da vossa receita nos comentários desta publicação, para que a vossa receita apareça no Round Up final. Se não tiverem blogue podem enviar-me um mail com a receita e uma foto e eu farei a sua publicação, com os devidos créditos.
Poderão também identificar a vossa receita com a hashtag #martaingredientofthemonth!

Espero que gostem da escolha e se sintam muito inspirados a criar receitas com o ingrediente escolhido! Agora, mãos às colheres de pau e boas receitas!



Setembro Dourado

Yum

O setembro chegou com pezinhos de lã e trouxe com ele o regresso às rotinas, aos dias mais frescos, ao fim das férias e ao inicio das aulas. Tenho sempre a sensação que o setembro marca um inicio.  O inicio de um novo ciclo, seja na natureza, nas nossas vidas, na nossa alimentação ou até na nossa disposição.
Já confessei a minha adoração por esta estação e por (quase) tudo o que ela traz, seja os seus tons dourados, os seus frutos e legumes, a roupa mais quentinha, os chás ou as comidinhas mais consistentes e quentes. 

A escolha do ingrediente para este mês não podia ter sido mais acertada e a nossa mesa é prova de que a maçã é um ingrediente quente e delicioso. Embora o considere um ingrediente bastante versátil, foi nas sobremesas que mais se destacou.
Repleta de receitas quentes e boas, finalizamos este mês com uma mesa em tons dourados e esplendorosa.

Um gigante obrigado a todos quantos quiseram marcar presença e ocupar o seu lugar nesta mesa repleta de alegria, amizade e comidinha boa. Bem-vindos!


Pequeno-Almoço
As Receitas da Mãe Galinha

Açúcar & Sal

Sugar Bites

L’Air du Temps

Simply by Cristina

Açúcar & Sal

Simply by Cristina

Simply by Cristina

Lemon and Vanilla






Pratos Principais
Intrusa na Cozinha

Intrusa na Cozinha





L’Air du Temps

As Receitas da Mãe Galinha

O Diário de Inês

L’Air du Temps

Sugar Bites

Açúcar & Sal

A Cozinha da Anikas

Açúcar & Sal

O Diário da Inês

Receitas para a Felicidade

Açúcar & Sal

As Receitas da Mãe Galinha

Basta Cheio

Açúcar & Sal

Simply by Cristina


Pão Pão, Queijo Queijo

Intrusa na Cozinha

L’Air du Temps

Simply by Cristina

O Cantinho dos Gulosos

Sugar Bites

Simply by Cristina

Happy life in the kitchen

Receitas para a Felicidade

O Diário da Inês

Sugar Bites

O Diário da Inês

Anasbageri

L’Air du Temps

De Cozinha em Cozinha Passando pela Minha

O Diário da Inês

L’Air du Temps

Sabores do Ninho

L’Air du Temps

Cristina Luís

Faz e Come

Sónia e a Cozinha
Tarte de Maçã

Intrusa na Cozinha















Sónia e a Cozinha
Maçãs Assadas Recheadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...