31 de dezembro de 2016

Bolo de Couve-Flor {Savoury Cauliflower Cake}

Yum

Dezembro terminou. E com ele termina também mais um ano.
Nesta altura do ano é costume fazer-se balanços, retrospetivas, mas igualmente planos e novas resoluções para o ano que se estreia.
Revendo o ano de 2016, posso dizer que foi um ano pessoalmente generoso, repleto de bons projetos e desafios.
Foi o ano em que lancei o desafio mensal “O Ingrediente do Mês”, que se revelou um desafio muito gratificante, cheio de momentos deliciosos, graças à generosidade de tantos que acompanham esta cozinha. Fosse só por isso e este ano já teria sido fabuloso.

Não me vou alongar muito, desejando a todos um excelente 2017; que possa ser um ano repleto de momentos felizes e sonhos/desejos realizados; que possa ser um ano de partilha, generosidade e consciencialização para os problemas tão dramáticos que se vivem um pouco por todo o planeta.

Desejo-vos um generoso Ano Novo, e façam o favor de ser felizes!



Bolo de Couve-Flor
{Savoury Cauliflower Cake}

Ingredientes Bolo:
500g de Couve-flor, pesada crua e cortada em pequenos floretes
80ml de Azeite, de boa qualidade
2-3 c. sopa de Azeitonas Pretas Descaroçadas, cortadas em tiras
3 c. sopa de Salsa Fresca, grosseiramente picada
8 Ovos grandes
120g de Farinha de Trigo
1 c. chá de Sal
½ c. chá de Pimenta Preta, moída na altura
½ c. chá de Bicarbonato de Sódio
½ c. chá de Fermento Químico

Ingredientes Recheio e Cobertura:
250g de Queijo Creme
1 Ovo Cozido
Sementes de Papoila q.b.




Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Unte 2 formas de 18cm e forre com papel vegetal. Reserve.
Coza a couve-flor no micro-ondas ou a vapor.
Numa taça junte os ovos, o azeite, o sal e a pimenta e bata.
Noutra taça peneire a farinha, o bicarbonato de sódio e o fermento químico.
Misture bem a couve-flor, a salsa e as azeitonas, e depois distribua pelo fundo das formas.
Junte a mistura de ovos, gradualmente à farinha e envolva bem. Reparta a massa pelas duas formas e leve ao forno por cerca de 30 minutos, ou até que esteja douradinho e firme no centro.
Retire do forno e deixe amornar. Desenforme, e deixe arrefecer por completo antes de retirar o papel vegetal.
Numa taça coloque o queijo creme, e com uma colher envolva muito bem até ficar com uma consistência bem cremosa.
Coloque um dos bolos de couve-flor no prato de servir e barre o topo com cerca de 2/3 do queijo creme. Pique finamente o ovo cozido, e salpique por cima do queijo creme. Coloque por cima o outro bolo. Barre as laterais dos bolos com o restante queijo creme, e depois polvilhe com as sementes de papoila.

Leve a refrigerar até cerca de 1 hora antes de servir. No verão diminua este tempo.

20 de dezembro de 2016

Have Yourselves a Merry Little Christmas

Yum

Quero desejar a todos os que acompanham esta cozinha, um Muito Feliz, Tranquilo e Harmonioso Natal!
Que seja uma quadra que vos traga muitas alegrias, aconchego, descanso, paz, amizade, e desejos concretizados.

Um bem-haja a todos, e muitos beijinhos.


  

16 de dezembro de 2016

Bolo-Rei de Castanha, ou será Rainha? {Chestnut King's Ring Cake}

Yum

Parece incrível já estarmos a dia 16 de dezembro, e que já só falta uma semana para o Natal…
         O tempo literalmente voou.
Certamente já todos andam cheios de planos para a ceia de Natal, e atarefados com as últimas prendas! Certo?!... pelo menos deste lado do ecrã é isso que se passa; fazem-se os últimos acertos sobre a ementa, ultimam-se alguns detalhes de apresentação e decoração, e escolhem-se as ultimas prendas.
E a pensar exatamente na mesa de Natal, hoje trago uma sugestão um pouco diferente para o vosso bolo-rei. E que tal um bolo-rei de castanha? Parece-vos bem? Pois acreditem que saberá ainda melhor. Claramente para amantes deste fruto, este bolo-rei é viciante! Talvez o nome mais correto seja bolo-rainha, uma vez que não leva frutas cristalizadas na sua preparação, mas independentemente do nome que lhe possamos dar, existe a garantia do seu sabor delicioso e marcante.
Uma proposta diferente para o vosso Natal, mas certa de deliciar os comensais!



13 de dezembro de 2016

Saint Lucia Saffron Buns (Lussekatter), e a 11ª Edição do Sweet World

Yum

Finalmente consigo novamente participar no Sweet World, das doces Lia e Susana!
É sempre um prazer imenso participar neste desafio, mas este é ainda mais especial para mim, uma vez que se trata de uns bolinhos de massa lêveda… adoro comer e fazer este tipo de bolinhos, embora às vezes encontre algumas massas verdadeiramente temperamentais… que não é o caso desta. Trata-se de uma massa simples de trabalhar, e bastante agradável.
Uma das características deste tipo de massas, que me agrada particularmente, é o facto de serem leves, fofas e pouco doces, ficando a sua particularidade a dever-se a uma qualquer especiaria, aroma ou cobertura que se use. Estes bolinhos não são exceção a essa regra, ficando o destaque a dever-se ao açafrão e ao cardamomo. E são extremamente agradáveis.
São uns bolinhos excecionais para saborear ainda mornos, quando todos os seus sabores estão no expoente máximo e a sua massa bem leve e fofa. Características que vão perdendo à medida que arrefecem, ou se são deixados de um dia para o outro…

Não ficaram tão perfeitinhos como os da Susana, e na verdade alguns parecem mais “8” do que “S”, facto que julgo estar totalmente relacionado com o meu forno ter decidido que estava na hora da reforma, ao fim de 17 anos a trabalhar que nem um moiro, e já não consigo que este tipo de massa fique com um resultado satisfatório. Não ficaram tão leves e fofos como sei que poderiam ter ficado, mas pelo menos fiquei com a perceção do seu sabor, que é na realidade muito agradável.

Susana e Lia, espero que gostem. J



10 de dezembro de 2016

Almôndegas com Abóbora e Couve-lombarda {Meatballs with Hokkaido and Savoy Cabbage}

Yum

Existem comidas que basta dizer uma única vez o que é, que logo os meus pirralhos correm para a mesa, sem ser preciso chamar duas ou três vezes. Almôndegas é uma dessas comidas. É ver aquele que chega primeiro à mesa! E se usualmente as faço simples, acompanhadas com arroz ou massa e uma bela salada, desta vez acompanhada com legumes fez as delícias de todos. É uma refeição muito rápida de fazer e com a certeza que estamos a proporcionar uma refeição bem equilibrada. Uma mais valia em todos os sentidos.
Espero que gostem!




6 de dezembro de 2016

Feijoada de Carnes com Couves

Yum

As publicações de dezembro não podiam começar de melhor forma! A primeira receita que partilho convosco é da minha primaça Cristina Luís :)  E apesar de não ter provado posso-vos assegurar que deveria estar maravilhosa, porque conheço bem as mãos que a prepararam. 
Esta é mesmo uma daquelas receitas familiares, com tradição e que dá gosto fazer para uma mesa cheia! 

Espero que gostem e se sintam muito inspirados.

Prima, para a próxima tens de me convidar ;)




3 de dezembro de 2016

Um presente antecipado...

Yum
Devagarinho as mudanças vão acontecendo!  Este Natal o meu presente veio um pouquinho antecipado:  O "Intrusa na Cozinha" já é domínio oficial :)
Para já, o "rosto" continua igual, mas existe a promessa de evoluir para que cada vez se sintam melhor aqui.

Agora já podem consultar o blog aqui: 



1 de dezembro de 2016

Dezembro é mês de...

Yum

Chegou dezembro. O último mês do calendário. Um mês bem especial, bem emblemático.
Este mês traz as roupas mais quentes, as mantas voltam aos sofás, e as chávenas de chá aquecem estados-de-espírito… as lareiras acendem-se, e o frio lá fora convida a que se procure o aconchego e o conforto do lar.
É o mês do Natal, o mês da família, em que nos juntamos num ambiente carregado de simbolismo, de maior gratidão, de maior sentimento. Somos inundados de um sentimento de maior partilha, de altruísmo, de querer bem.
Quer exista uma ligação religiosa ou não, a verdade é que em quase todos os lares portugueses se festeja esta data cristã. Decora-se a árvore de natal, as ruas enchem-se de decorações e cânticos, e um frenesim alegre de pessoas percorre as lojas à procura do presente especial, daquele que vai arrancar sorrisos; pensa-se nos amigos e familiares, e dá-se especial atenção aos dos pequenotes. Eles anseiam a noite para abrir os presentes como se fosse a única altura do ano em que recebem presentes… Se ignorarmos toda a parte mais consumista da quadra, o Natal é uma data muito especial -  é quando estamos mais despertos para a partilha; a generosidade e a tolerância para com o próximo estão mais presentes, e a bondade que existe em cada um de nós floresce sem resistência…
Os lares vão ganhando luz e cor, e com alguma antecedência, carinho e cuidado, começa-se a planear a ceia de Natal, com o tradicional bacalhau com couves ou o polvo, passando pelo peru ou pelo cabrito; e depois a doçaria, com o nosso tão tradicional bolo-rei, ou as filhós, as rabanadas e os sonhos, os pudins, o arroz doce, a aletria, as azevias, as broas… um sem fim de iguarias! Tudo tem lugar à mesa conforme a região ou tradição.

Com o inicio do mês, renova-se também a rubrica “O ingrediente do mês…”, e neste confesso que tive mesmo muitas dúvidas. Estive muito inclinada para a batata-doce, ou para a romã, ou ainda para as minhas adoradas laranjas..., mas a verdade é que depois de dois meses bastante docinhos, senti-me forçada a escolher um ingrediente mais adequado a receitas salgadas. Assim, e depois de alguns conselhos do meu assessor nestas questões, o Sr. Pedro da PROVE, acabei por me decidir pelas Couves…. e não nos vamos limitar a um tipo de couve…. Receitas com couve-coração, couve-lombarda, couve-de-bruxelas, pak-choi, couve-brócolo, couve-flor, couve-roxa,  e a nossa tão natalícia Couve-Portuguesa, são todas bem-vindas à nossa mesa!





Assim, deixo de novo o convite: juntem-se a mim, e até ao último dia do mês de dezembro, inclusive, tragam uma receita, talvez aquela que tantas vezes tem ficado em lista de espera, ou aquela que repetem vezes sem conta nas vossas cozinhas sem que lhe tivessem dado o devido destaque, ou a outra que é de família, a que tem um segredo, aquela que desperta memórias… A única regra é que tenha Couves! Deixo a variedade ao vosso critério e ao sabor da vossa inspiração e gosto.

Deixem o link da vossa receita nos comentários desta publicação. Se não tiverem blogue podem enviar-me um mail com a receita e uma foto e eu farei a sua publicação, com os devidos créditos.
Poderão também identificar a vossa receita com a hashtag #martaingredientofthemonth, criada pela querida Lia para este desafio!
No final do mês, temos a promessa de uma mesa recheada de coisas boas, onde nos vamos poder juntar todos, a celebrar uma paixão que nos une: a culinária!

Boas receitas!


O acastanhado novembro!

Yum

Este novembro foi muito especial.
Tivemos como ingrediente um dos frutos que mais gosto de comer e que me inspira profundamente.
E se isso não fosse suficiente, na rubrica tivemos mais um mês com propostas maravilhosas ao olhar e ao palato. Receitas variadíssimas e que despertam todos os nossos sentidos. Não podia estar mais contente e agradecida pela vossa participação e generosidade. Um gigante obrigado a todos.

Queria aproveitar para pedir um favor, e que está intimamente ligado com este momento, ou seja, quando nos juntamos todos aqui, e partilhamos todas as receitas… quase sempre dou pelas vossas participações à medida que elas vão sendo publicadas, mas quando chega ao final do mês e faço a compilação de todas elas, guio-me pelos vossos links que vão deixando na publicação do ingrediente…. Acontece que este mês algumas participações não estão documentadas e eu estou com a sensação que estou a esquecer-me de alguém. Por favor confiram que a(s) vossa(s) participação(ões) estão no quando anexo, e caso não esteja(m) digam-me, e obviamente farei questão de corrigir.
Para evitar que alguma receita não seja partilhada, peço só o favor de deixarem o link na publicação do ingrediente… depois da vossa disponibilidade e generosidade seria uma pena que alguma receita fosse deixada de lado.

E agora vamos lá, juntemo-nos todos à mesa e desfrutemos de tanta comidinha boa!





1
Sweet Gula
2
Intrusa na Cozinha
3
Anasbageri
4
Sugar Bites
5
L'air du Temps
6
Intrusa na Cozinha
7
Sweet Gula
8
Intrusa na Cozinha
9
Intrusa na Cozinha
10
Sugar Bites
11
Cozinha 100 Segredos
12
Intrusa na Cozinha
13
Cozinha 100 Segredos
14
Intrusa na Cozinha
15
Tertúlia de Sabores
16
De Cozinha em Cozinha passando pela Minha
17
Intrusa na Cozinha
18
Sugar Bites
19
Intrusa na Cozinha
20
O diário da Inês
21
Lemon & Vanilla
22
Intrusa na Cozinha
23
Basta Cheio
24
Intrusa na Cozinha


E por último chega-nos ainda uma receita deliciosa da Ana e da Carla, do blog Cromas da Cozinha, uma deliciosa Compota de Castanha (toquem na foto para acederem à receita)


30 de novembro de 2016

Chestnut-Walnut Naked Cake - Gluten Free {Bolo de Castanha & Noz - Sem Glúten}

Yum

E assim termina o novembro. O lindo novembro. Trouxe chuva e frio, os primeiros flocos de neve, as lareiras, o aconchego…  e as minhas adoradas castanhas. Foi um mês cheio de emoções e aventuras. Comecei o mês da melhor forma que podia desejar, num ambiente acolhedor e fantástico como foi a Feira da Castanha e Paladares de Outono de Trancoso; tive ainda o privilégio de participar noutro evento um pouco mais pessoal e reservado, mas que me fortaleceu; e tive o prazer de partilhar a minha paixão por castanhas com tantos de vós! Foi um mês muito feliz. Muito mesmo.

Porque a celebração se impõe, e porque sou uma pessoa de tradições e gosto de as manter e preservar, volto a encerrar o mês com um bolinho. Um bolo com uma decoração muito outonal, com uma junção de sabores que para mim se revelou uma união vencedora: Noz e Castanha.
Acho que não poderia ter terminado de melhor forma!

E espero que se sintam inspirados...


29 de novembro de 2016

Salame de Castanha {Chestnut Salami}

Yum

Esta é a terceira e última receita que levei ao showcooking da Feira da Castanha em Trancoso. Talvez tenha sido a que arrancou mais sorrisos. É tão simples e tão saborosa que me sinto tentada a dizer que têm mesmo de a experimentar! É uma receita que até o mais amador e inexperiente na cozinha consegue preparar, com a certeza que o resultado final é perfeito!
Amantes ou não de castanhas, esta é uma receita que agrada a todos.
E já que, oficialmente abro a época natalícia neste blog, deixo a sugestão do que poderá ser uma ideia original para uma prenda de Natal; quer ofereça a receita já elaborada ou os ingredientes acompanhados da receita, terá a certeza de uma prenda capaz de adoçar e alegrar corações.

Espero que sintam inspirados!



27 de novembro de 2016

Doce de Castanha & Nozes {Sweet Chestnut-Walnut Puree}

Yum
Quando pensei neste doce, tinha algum receio que a união da castanha com a noz não ficasse exatamente como eu gostaria. Aliás não sabia sequer se funcionariam bem os dois sabores num doce...  mas acreditem que é muito melhor do que alguma vez imaginei. Os dois ingredientes completam-se mesmo muito bem, e resultam num creme delicioso!
Eu não sou apreciadora de comer doces à colherada, mas quem goste, acredito que dificilmente resistirá a este. Podem ainda apreciá-lo numa tostinha, ou como recheio de bolos. É mesmo muito bom!



24 de novembro de 2016

Risotto de Castanha com Chouriça de Porco Bísaro {Chestnut and Portuguese Chorizo Risotto}

Yum

Existem receitas que por uma determinada razão são mais especiais que outras. Umas porque nos despertam os afetos, outras porque nos despertam memórias, outras porque são confecionadas por alguém especial ou num local que nos é querido. Outras só porque são. Porque nos despertam. Como esta receita. Desperta e realça o que de melhor temos, o que de melhor os portugueses produzem. Tudo nesta receita é de origem portuguesa. Tudo. Sim não será a primeira receita com esses predicados, nem a ultima, nem certamente a melhor, mas é minha, e foi feita com um carinho especial por ser nossa.  O arroz é português, as castanhas e a chouriça vieram de Trancoso, o queijo dos Açores, e os legumes biológicos são do cabaz da Prove Oeste. E tudo se uniu numa receita muito, mas mesmo muito saborosa. Este risotto acabado de fazer, servido ainda fumegante, no auge de todos os seus sabores e aromas, e temos as condições reunidas para uma refeição aconchegante e reconfortante.
Porque o que é português é bom, e a qualidade dos nossos produtos é indiscutível, e cada vez mais uma certeza que nos vai alimentando o orgulho de sermos portugueses.

Espero que se sintam inspirados.




22 de novembro de 2016

Bochechas de Porco com Cerveja de Castanha {Pork Cheeks with Chestnut Beer}

Yum


Esta receita foi adaptada de uma que há muito estava na minha infinita lista de receitas a fazer um dia. Fiz algumas alterações à receita da Manuela do Tertúlia de Sabores, e usei a deliciosa Cerveja Artesanal de Castanha da Amálgama!
Ficaram muito saborosas, a carne muito tenrinha e suculenta, com um delicioso sabor a castanha.
Acho que teria sido uma mais valia ter adicionado algumas castanhas, mas só me lembrei desse pormenor na hora de servir... e as fotos claramente não transmitem o sabor da receita.. ainda me estou a adaptar a fotografar sem luz natural. Mas espero que seja o suficiente para vos inspirar a fazer este prato e a utilizar mais esta forma de consumir e usufruir do sabor da castanha. 





21 de novembro de 2016

Asinhas de Frango com Castanhas {Chicken Wings with Chestnuts}

Yum

Tenho um fã incondicional de frango em casa. Se for as asinhas então!! Meu deus… o rapaz delira. Basta que lhe diga que o almoço ou jantar é asinhas e o rosto do petiz ilumina-se de imediato. Por isso como podem imaginar esta receita foi bem do agrado dele. Juntar castanhas às asinhas foi como que a cereja no topo do bolo. Adoro as castanhas assim, impregnadas do sabor dos sucos da carne, bem douradinhas e tenrinhas. A união dos dois sabores ficou perfeita.
Espero que gostem.



Ingredientes (4 pessoas):
1kg de Asinhas de Frango
400g de Castanhas descascadas (veja este método para descascar muito facilmente castanhas)
1 c. chá de Alho Desidratado
½ c. café de Gengibre em Pó
1 c. café de Colorau
Raspa e Sumo de ½ Limão
1 Folha de Louro Seco
100ml de Vinho Branco
Sal & Pimenta q.b.

Preparação:
Lave e seque muito bem as asinhas de frango, e separe cada uma em duas partes. Coloque-as numa taça, juntamente com o alho, o gengibre, o louro partido em pedaços, o colorau, a raspa e o sumo de limão, o vinho branco, e tempere com sal e pimenta moída na altura. Envolva tudo muito bem, e deixe marinar por pelo menos 1 hora.
Numa caçarola aqueça o azeite e depois junte as asinhas de frango, escorridas da marinada. Deixe-as dourar, e libertar alguma da sua gordura, em lume forte. De seguida a marinada e deixe cozinhar 1 minuto ou 2. Adicione então as castanhas e deixe cozinhar até que estejam tenras.

Sirva bem quentinhas!

19 de novembro de 2016

Castanhas Assadas com Azeite & Alecrim {Olive-oil & Rosemary Roasted Chestnuts}

Yum
Porque o tempo pede o aconchego e conforto de comidas que nos aquecem a alma, deixo aqui uma sugestão para apreciar com família e amigos, no conforto do lar, e quem sabe ao lado de uma lareira. O que vos parece?



17 de novembro de 2016

Rolo de Castanha, Cogumelos & Farinheira {Chestnut, Mushrooms & Farinheira Roll}

Yum

Este rolo é outra das receitas que preparei nos shows cookings da Feira da Castanha em Trancoso.
Já a pensar na ceia de Natal, esta é uma receita perfeita para servir como entrada. Bem simples, rápida e muito saborosa, que decerto vai agradar a pequenos e graúdos.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...