29 de setembro de 2015

5º Aniversário do Blogue com Sweet Castanea

Yum
Hoje é dia de festa!!

Sim, hoje faz 5 anos que criei o blogue.

Estes 5 anos têm sido muito enriquecedores, a todos os níveis.
Quando criei este espaço estava longe de imaginar a importância que ele teria na minha vida. Tenho aprendido imenso! Sempre com vontade de fazer mais e melhor, de experimentar ingredientes novos, novas maneiras de cozinhar.
O mundo da culinária é de uma riqueza inesgotável, e cozinhar tem sido uma actividade da qual tenho tirado um prazer imenso.

Ter criado o blogue, além da realização pessoal, possibilitou-me conhecer pessoas e projectos maravilhosos. Um desses projectos foi o Sweet Castanea, que descobri um pouco por acaso, numa daquelas pesquisas de internet, que começa com a pesquisa de uma ervilha e acaba a descobrir-mos uma receita deliciosa…..  foi quase assim.
E ainda bem, porque detrás do projecto encontrei pessoas maravilhosas, de uma generosidade e simpatia gigantes, e às quais eu estou muito, mas mesmo muito, grata.

E hoje, para celebrar esta data tão especial para mim, tenho o prazer e o privilégio de anunciar que a Sweet Castanea quis estar ao meu lado, para juntos, celebrarmos este dia com todos vós, que por aqui passam, e me acompanham nesta aventura deliciosa e aromática, oferecendo a gama completa da Sweet Castanea!

Não é maravilhoso?
Não poderia ser melhor.
Ter ao meu lado uma marca de produtos 100% portugueses, de uma qualidade indiscutível, e de uma arrojada inovação, é sem dúvida um privilégio.

Não tenho a menor dúvida que vão adorar todos os produtos!


A gama completa da Sweet Castanea, é composta por:
·         1 Emb. 250g de Compota de Castanha
·         1 Emb. 250g de Compota de Castanha e Maçã Bravo Esmolfe
·         1 Emb. 250g de Compota de Castanha e Mel Rosmaninho
·         1 Pack de 3 emb. de 30ml de Compotas (Castanha e Maçã Bravo Esmolfe + Castanha + Castanha e Mel Rosmaninho)
·         1 Emb. 250g de Castanhas em Calda
·         1 Emb. 250g de Castanhas em Calda de Vinho do Porto
·         1 Emb. 250g de Castanhas em Calda de Gengibre
·         1 Pack de 3 frascos de 30ml de Castanhas em Calda (Calda de Vinho do Porto+ Calda simples + Calda de Gengibre)
·         1 Emb. 150g de Bolachas de Castanha
·         1 Emb. 150g de Bolachas de Castanha e Alfarroba


E para poderem degustar todas estas delícias de castanha só tem de participar no GiveAway que estará a decorrer na página de facebook do blogue até dia 03.10.2015.

Para participar só terão de:
-Partilhar o passatempo, de modo público – a partir da publicação do GiveAway que está na página de facebook do Intrusa na Cozinha;
-Preencher o formulário de inscrição no GiveAway, através do link:
                                    https://promosimple.com/ps/8122
    ou no separador "GiveAways & Promotions" na página de facebook do Intrusa na Cozinha;
-Fazer LIKE na página de facebook da Sweet Castanea;
-Fazer LIKE na página de facebook do Intrusa na Cozinha.

REGULAMENTO:
- O GiveAway decorrerá entre o dia 29.09.2015 e o dia 03.10.2015;
- O vencedor será seleccionado de modo aleatório através do site PromoSimple, e será anunciado na página de facebook do blogue Intrusa na Cozinha, no dia 04.10.2015.
                - Apenas 1 participação por pessoa;
- O GiveAway é válido para participantes residentes em Portugal Continental e arquipélagos dos Açores e da Madeira.


E porque não há festa sem bolinho, hoje trago um doce muito a meu gosto, uma massa lêveda, que eu adoro, na companhia da deliciosa compota de Castanha e Maçã Bravo Esmolfe da Sweet Castanea. Uma entrada em grande estilo no Outono :)


A todos vocês o meu sentido obrigado.





Coroa de Compota de Castanha e Maçã Bravo Esmolfe

Ingredientes:
75g Manteiga sem sal, à temperatura ambiente
225ml Leite Gordo
360g Farinha de Trigo (de preferência para pão)
90g de Farinha de Maçã Bravo Esmolfe TerriuS*
10g Fermento Biológico Seco
½ c. chá de Sal
50g de Açúcar
1 Ovo
250g de Castanhas assadas, partidas em pedaços (opcional)
2 c. sopa de Mel




Preparação:
Aqueça a manteiga e o leite numa panela pequena, em lume moderado, até que a manteiga derreta. Reserve até que tenha arrefecido para uma temperatura morna.
Coloque a farinha de trigo e de maçã numa tigela grande e adicione o fermento num dos lados e o sal e o açúcar no outro. Despeje o leite e adicione o ovo, misture tudo até que todos os ingredientes estejam misturados. Depois retire da taça, e numa superfície trabalhe a massa durante uns 10 minutos. A massa de pão estará muito macia e pegajosa no início, mas depois de alguns minutos a amassar a massa deverá estar suave e elástica (evite cair na tentação de adicionar mais farinha logo no inicio. Trabalhe bem a massa e não deverá ser preciso mais farinha). Como é óbvio pode usar uma batedeira equipada com gancho para massas fortes, mas eu prefiro trabalhar estas massas com as mãos.
Coloque a massa numa tigela levemente untada com óleo, cubra e deixe crescer num lugar morno por cerca de uma hora ou até dobrar de tamanho.
Depois de a massa ter levedado, retire-a da taça e coloque-a numa superfície levemente enfarinhada. Estenda a massa de forma a obter um rectângulo de cerca de 30x40cm.
Espalhe a compota de castanha uniformemente por toda a superfície, e espalhe por cima as castanhas assadas.
Enrole a partir de um dos lados mais compridos.
Com uma faca afiada corte o rolo ao meio no sentido do comprimento, e depois entrelace as duas metades entre si, mantendo a face do corte para cima, e comprima as extremidades. Enrole a trança formando uma coroa, coloque-a num tabuleiro, forrado com papel vegetal ou folha de silicone, tape com um pano, e deixe levedar outra vez, cerca de 30 minutos.
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Findo o tempo de levedar a massa, retire o pano, leve-a ao forno por cerca de 20 a 30 minutos, até que esteja cozida e douradinha.
Retire do forno, e transfira para uma rede, pincele a coroa com o mel ligeiramente aquecido (só para ficar mais liquido e ser mais fácil espalhar), e deixe arrefecer por completo antes de servir.




Notas:
*Pique a farinha de Maçã se estiver muito aglomerada.
Em dias frios pode levedar a massa no forno: aqueça o forno numa temperatura baixa, de seguida desligue-o, abra a porta por alguns segundos, para deixar dissipar um pouco o calor, e de seguida coloque a tigela da massa no forno e feche.
Ou então pode colocar a massa no frigorífico, a levedar durante a noite, e continuar a receita na manhã seguinte.
Pode substituir o leite gordo, por leite de soja ou magro;
Pode usar só farinha de trigo;



27 de setembro de 2015

Delícia de Chocolate e Café

Yum
Soneto de aniversário

Vinicius de Moraes


Passem-se dias, horas, meses, anos
Amadureçam as ilusões da vida
Prossiga ela sempre dividida
Entre compensações e desenganos.

Faça-se a carne mais envilecida
Diminuam os bens, cresçam os danos
Vença o ideal de andar caminhos planos
Melhor que levar tudo de vencida.

Queira-se antes ventura que aventura
À medida que a têmpora embranquece
E fica tenra a fibra que era dura.

E eu te direi: amiga minha, esquece...
Que grande é este amor meu de criatura

Que vê envelhecer e não envelhece.





Ingredientes (10/12 pessoas):
Bolo
4 Ovos
150g de Açúcar
50ml de Café
150g de Farinha de Trigo com Fermento
2 c. sopa de Cacau 100% Natural, sem adição de açúcar
Manteiga e Farinha para a forma
Recheio e Decoração
5 Folhas de Gelatina Incolor
100ml de Café
½ lata de Leite Condensado Cozido
400ml de Natas

Chocolate Granulado e Cacau q.b. para decoração final (opcional)




Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Unte uma forma de 26cm com manteiga e polvilhe com farinha. Reserve.
Bata as gemas com o acúcar até dobrarem de volume. Junte o café ainda morno e bata mais um pouco.
Bata as claras em castelo e junte-as ao creme anterior, alternando com a farinha peneirada com o cacau.
Verta a massa na forma e leve ao forno, durante cerca de 30 minutos, ou até que esteja cozido. Verifique se está cozido espetando um palito de madeira no centro do bolo. Se sair sem massa agarrada o bolo está pronto.
Retire do forno e desenforme o bolo já arrefecido e corte-o em 2 discos.
Para preparar o recheio demolhe a gelatina em água fria. Escorra-a e, em banho-maria, leve-a ao lume com o café até se dissolver; retire.
Junte ao leite condensado cozido e mexa.
Bata as natas e envolva-as no creme anterior.
Forre um aro com uma tira de papel vegetal. No fundo do aro, coloque um disco de bolo e sobreponha-lhe metade do creme. Repita a operação e leve ao frigorífico, até solidificar.
Desenforme, descole o papel vegetal e decore com o chocolate granulado e o cacau.


Fonte: Sobremesas com Café - Impala

19 de setembro de 2015

Bolo de Leite Quente

Yum
Este bolo prima pela riqueza de sabor e simplicidade.


Um bolo com uma massa muito leve e fofa, ideal para os lanches de Domingo.



Ingredientes (10 a 12 fatias):
2 chávenas de chá (240g) de Farinha de Trigo
2 c. chá (20g) Fermento em Pó
4 Ovos, à temperatura ambiente
2 chávenas de chá (320g) de Açúcar granulado
¼ c. chá Sal Fino
2 c. chá Extracto Baunilha
½ chávena de chá (100g) de Manteiga sem sal
1 chávena (240ml) de Leite inteiro

Bagas e Chantili para servir (opcional)




Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte com manteiga e polvilhe de farinha uma forma de bolo.
Misture a farinha e o fermento em pó, e depois peneire.
Numa taça grande, bata os ovos, o açúcar, o sal, o extracto de baunilha por uns minutos, com uma batedeira, e numa velocidade média/forte, até que a mistura esteja clara e fofa.
Adicione a farinha à mistura anterior e misture delicadamente com uma colher de pau ou uma espátula, só até que a massa esteja homogénea. Não deve bater, nem misturar demasiado. A massa deve continuar leve e fofa.
Num tacho pequeno, em lume médio, derreta a manteiga. Adicione o leite e deixe levantar fervura.
Retire do lume e lentamente adicione o leite à massa. Misture delicadamente, novamente só até estar homogéneo.
Despeje a massa na forma e leve a cozer durante cerca de 50 minutos, ou até que tenha uma cor dourada e esteja cozido. Verifique se está cozido espetando um palito de madeira no centro do bolo. Se sair sem massa agarrada o bolo está pronto.
Deixe o bolo arrefecer e depois desenforme.
Sirva com chantili e bagas a gosto.


17 de setembro de 2015

Massa Gigli com Atum e Ervilhas

Yum
Consta que o bom tempo vai voltar no fim-de-semana.
Mas enquanto não vem, delicie-mo-nos com uma receita de massa bem reconfortante, para aquecer o corpo e alegrar a alma.




Ingredientes:
½ chávena de chá de Pão Ralado
1 c. sobremesa de Azeite
Sal e Pimenta Preta moída na hora, a gosto
3 c. sopa de Manteiga
4 Chalotas, finamente picadas
¼ chávena de chá de Aipo, finamente picado
1 c. sopa de Farinha de Trigo
1+¼ chávenas de chá de Leite
½ Limão, sumo e raspa
1 pitada de Noz Moscada, recém ralada
¼ chávena(60ml) de Natas
½ chávena de chá de Queijo Parmesão, ralado
200g de Massa Gigli (ou outra a gosto)
1 chávena de chá de Ervilhas (congeladas ou frescas)
1 lata de Atum em Azeite, de boa qualidade, escorrido e esfarelado
2 c. sopa de Salsa, picada

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 150ºC.
Misture o pão ralado, o azeite e uma pitada de sal e de pimenta. Coloque numa taça ou tabuleiro de forno e leve a torrar durante cerca de 10 minutos, mexendo de vez em quando, até que esteja bem douradinho e perfumado. Retire do forno e reserve.
Coloque uma panela de água a ferver para o macarrão.
Numa frigideira grande, em lume médio, derreta a manteiga. Adicione as chalotas, o aipo, e tempere de sal e pimenta. Deixe cozinhar até os legumes comecem a amolecer e a dourar, cerca de 5 minutos. Misture a farinha e cozinhe, mexendo sempre, por cerca de 1 minuto, que será o suficiente para a farinha cozer. Aumente o lume para médio/forte e adicione o leite, mexendo bem para evitar ficar com grumos. Mexa constantemente até que o molho engrosse e borbulhe, o que deve levar cerca de 4 minutos. Baixe o lume e rectifique os temperos. Adicione a raspa de limão, a noz-moscada, as natas e o queijo parmesão e mexa bem. Mantenha em lume baixo.
De seguida, cozinhe a massa.
Enquanto a massa cozinha, adicione as ervilhas e atum ao molho e misture bem.
Quando a massa estiver “al dente”, escorra, reservando um pouco da água de cozedura.
Adicione o macarrão ao molho e envolva.
Se o molho parecer grosso, adicione um pouco da água da cozedura da massa que reservou.
Prove novamente e rectifique os temperos caso necessário.
De seguida, adicione o sumo do limão e a salsa picada e envolva.
Sirva imediatamente a massa, polvilhada com o pão ralado.


Receita adaptada: food52.com

15 de setembro de 2015

Creme de Abóbora Manteiga e Grão

Yum
Raramente faço cremes deste género. Os meus comensais são fãs de sopas mais tradicionais. E eu tenho de confessar, também o sou.
Mas desta vez quis aventurar-me numa sopa diferente, e este creme deixou-me bastante satisfeita, pelo sabor, pela cremosidade, e pela textura. Adorei cada colher.

Uma proposta com as cores e sabores do Outono.


Ingredientes (4 pessoas):
1 Abóbora Manteiga
1 Cebola, picada
3 c . sopa de Azeite
330g de Grão cozido
cerca de 600ml de Água, de preferência da cozedura do grão
Sal q.b.
1 pitada de Noz-moscada, acabada de moer
1 c. café de Pimentão-doce
Pimenta Preta, moída na altura

Sementes de Abóbora para servir



Preparação:
Pré-aqueça o forno a 150ºC.
Separe a abóbora manteiga em 2 partes no sentido vertical. Retire as sementes, pincele com um pouco de azeite, e tempere com um pouco de sal. Leve ao forno, até que esteja cozida, o que deve levar cerca de 40 minutos.
Numa taça coloque 30g de grão cozido, o pimentão-doce, e uma colher de sopa de azeite. Tempere com uma pitada de sal fino e pimenta preta acabada de moer. Envolva muito bem.
Retire a abóbora do forno.
Aumente a temperatura do forno para os 200ºC, e num tabuleiro forrado com um tapete de silicone, espalhe o grão, e leve ao forno até que este esteja douradinho e estaladiço.
Com a ajuda de uma colher retire a polpa da abóbora, descartando a casca. Reserve.
Num tacho, coloque 2 colheres de sopa de azeite, e refogue a cebola até que esteja translúcida.
Adicione a água e o grão e deixe levantar fervura. Junte a abóbora e triture.
Acrescente um pouco mais de água se necessário. Adicione a noz-moscada e retifique os temperos se necessário.

Sirva o creme acompanhado pelo grão estaladiço e algumas sementes de abóbora.

13 de setembro de 2015

Carne de Porco com Castanhas em Calda de Vinho do Porto

Yum
Adoro fazer este tipo de receitas. Receitas que nos deixam com tempo para apreciar outras coisas, enquanto elas se fazem, bem lentamente no forno, e que vão invadindo a cozinha de deliciosos aromas.
Para mim foi uma estreia usar castanhas num assado, a par de especiarias, como a canela que encontramos nas Caldas de Castanha com Vinho do Porto da Sweet Castanea.
Foi uma estreia que encantou todos. A carne ficou deliciosamente macia, com o toque certo de vinho do Porto e canela.
Uma proposta de refeição que aconchega, e que apetece fazer e comer nestes dias mais frescos que se vão fazendo anunciar.



Ingredientes (4 pessoas*):
1kg de Cachaço de Porco
5 Chalotas
1 talo pequeno de Aipo, cortado em pedaços pequenos
1 folha Louro
½ Limão, sumo e raspa
2 Cenouras, cortadas em pedaços
6 dentes de Alho, descascados e esmagados
2 Tomates, pelados e sem sementes, cortados em pedaços pequenos
2 frascos de Castanhas em Calda de Vinho do Porto Sweet Castanea (2x250g)
Sal e Pimenta, q.b.
2 c. sopa de Azeite
2 c. sopa de Óleo




Preparação:
Pele os tomates, escaldando-os em água a ferver durante cerca de 1 a 2 minutos, com um corte em cruz no topo dos tomates. Retire a pele rapidamente e corte em 4 partes no sentido vertical, e retire as sementes. Parta em pedaços mais pequenos. Coloque a polpa que retirou com as sementes num passador pequeno de rede e esprema o sumo de tomate, com ajuda das costas de uma colher. Reserve.
Num recipiente com tampa, coloque o pedaço de carne, tempere de sal e pimenta moída na altura, e regue com o azeite.
Descasque, lave, e corte a chalotas e as cenouras em pedaços pequenos e junte à carne, bem como o aipo. Junte igualmente os dentes de alho e o a folha de louro partida em pedaços. Adicione também a polpa o tomate e a raspa e o sumo de limão.
Retire as castanhas da calda e reserve.
Regue a carne com a calda das castanhas. Tape a caçarola, e deixe marinar de um dia para o outro.
Pré-aqueça o forno a 130/140ºC.
Numa frigideira grande, aqueça 2 colheres de sopa de óleo, e quando estiver bem quente, sele a carne, previamente bem escorrida da marinada. Vá rodando para que cozinhe toda por igual. Junte a marinada e deixe aquecer.
Retire a carne e a marinada para uma caçarola de vidro com tampa, ou utilize um tabuleiro e tape, selando bem, com papel de alumínio.
Leve ao forno por cerca de 3 horas.
Um pouco antes de retirar a carne do forno, retire a tampa da caçarola, ou o alumínio do tabuleiro, e deixe a carne alourar um pouco.
Retire do forno, e deixe a carne descansar numa tábua de madeira, mas conserve quente, envolvida em papel de alumínio, por cerca de 30 minutos.
Enquanto isso, leve o molho que sobrou de cozinhar a carne ao lume, numa frigideira, e deixe ferver, até reduzir para cerca de metade. Coe o molho, e junte as castanhas que reservou.


Coloque a carne numa travessa, e sirva acompanhada de legumes cozidos, e regue-a carne com o molho e as castanhas.

8 de setembro de 2015

Sopa de Feijão com Nabiça

Yum
Este é o tipo de sopa que, na minha casa, se come de Verão e Inverno. É certo que é nos dias mais frios que ela melhor sabe, mas na minha cozinha é uma sopa intemporal. Aliás esta e qualquer outra sopa que tenha feijão na sua confeção. Posso juntar o que quiser, mas se tiver feijão, branco, preto, castanho, ou duas caras, é certo que será uma sopinha bem recebida à mesa. Por todos.

Por isso, por todas as razões, e por nenhuma em especial, deixo-vos com uma sugestão, já mais Outonal, já a pensar nas noites mais frescas que se vão fazendo sentir.




Ingredientes (6 a 8 porções):
200g de Feijão Seco (eu gosto de usar as variedade manteiga ou catarino)
1 folha Louro
1 Cenoura
1 Cebola
1 cabeça Nabo pequena
4 Batatas
250g de Abóbora, limpa de sementes e casca
100g de Nabiças
Azeite q.b.
Sal a gosto



Preparação:
De véspera, lave muito bem o feijão, e coloque-o de molho em bastante água.
No dia, descasque as batatas, a cenoura, o nabo, a cebola, e lave muito bem. Corte-os todos em pedaços pequenos, bem como a abóbora.
Numa panela grande junte o feijão e os vegetais, e encha de água até ficar um pouco acima do nível dos vegetais. Tempere de sal, coloque a folha de louro e leve a lume médio, até que os feijões estejam praticamente cozidos. Caso necessário, durante a cozedura, vá acrescentando água quente para manter o caldo.
Retire a folha de louro e acrescente as nabiças, previamente arranjadas e lavadas, e o azeite, e deixe mais alguns minutos ao lume, até que as nabiças estejam cozidas, o que não levará só alguns minutos. Prove e retifique o tempero caso necessário.

Notas: Eu gosto de cozer o feijão bem devagar, em lume médio/baixo, pelo que a sopa leva cerca de 2 a 3 horas a estar pronta.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...