28 de abril de 2012

Bruschetta de peru com rúcula e tomate cherry

Yum
Há cerca de 1 mês vi no blog da Ana uma receita de pão que me deixou literalmente a babar... eu adoro pão - já aqui o disse se calhar vezes de mais, mas a verdade é que não me canso de o reafirmar; e se já era uma paixão ainda antes de ser feito por mim, antes de ter posto literalmente a mão na massa, agora passou a ser um amor viciante: adoro preparar, amassar, cozer, espreitar, cheirar e deliciar-me com pão acabadinho de sair do forno.
A versão da Ana deixou-me completamente rendida, e é daqueles pães que podem ser feitos mesmo por quem não gosta de sujar as mãos, e o resultado final é maravilhoso com uma crosta bem crocante e um interior como os queijos suíços, bem ao meu gosto!
De momento já não compro pão feito, faço sempre em casa, na MFP ou mesmo amassando à mão para depois fazer pequenas bolinhas. A farinha, essa vem directamente do moleiro! Só tenho pena de não ter um forno a lenha, aí sim seria a plenitude.

Esta receita foi feita com umas deliciosas fatias deste pão.



Ingredientes:
4 fatias de pão
4 bifes de peru pequenos
~50 g de rúcula
8 tomates cherry
sal, pimenta e sumo de limão q.b.

Preparação:
Comece por temperar os bifes de peru com sal, pimenta moída na altura e sumo de limão e deixe marinar um pouco.
Grelhe a carne, bem como os tomates cherry, lavados e cortados ao meio.
Torre o pão.
Coloque em cima de cada fatia de pão o bife de peru. Coloque rúcula em cima, devidamente temperada com sal fino, azeite e sumo de limão, e por fim 4 metades de tomate cherry.

25 de abril de 2012

Corvina no forno

Yum
Não me considero uma pessoa preocupada com a comida ou aquilo que considero serem detalhes da comida ... calorias...índices de gordura .... quantidades de açúcar.... não controlo rótulos de embalagens à procura de todas as características.... não o faço...
Preocupo-me em servir refeições variadas e completas, confeccionadas com cuidado e ingredientes de qualidade, mas não levo essa preocupação a um nível obsessivo.
Nesse contexto, peixe é uma constante cá por casa, não só porque todos gostamos, mas porque o acho uma opção saudável.
Sorte a nossa de termos uma costa imensa e maravilhosa, e termos à nossa disposição tantos e tão variados peixes!


Ingredientes:
4 postas de corvina
2 dentes de alho
sumo de limão q.b.
sal q.b.
pimenta preta em grão a gosto
azeite e salsa picada q.b.

Preparação:
Ligue o forno a 180ºC.
Prepare as postas de corvina e tempere-as com os dentes de alho, o sumo de limão, uma pitada de sal e os grãos de pimenta.
Regue o fundo de um tabuleiro de forno com um pouco de azeite, coloque as postas de corvina e leve a cozer cerca de 20 minutos.
Retire a corvina do forno e sirva-a regada com azeite, sumo de limão e salsa picada.


23 de abril de 2012

Aros de cebolas fritos

Yum
Uma entrada ou acompanhamento bem simples de fazer e bastante saboroso.
 


Ingredientes:
4 cebolas
+/- 100g de farinha
sal fino e pimenta de moinho
óleo alimentar



Preparação:
Ponha ao lume uma panela com bastante água e quando levantar fervura tempere de sal.
Descasque as cebolas, corte-as em rodelas com cerca de 0.5 cm de espessura e separe os aros. Deite os aros de cebola na água a ferver e deixe cozinhar cerca de 3 minutos.
Retire-os com uma escumadeira e coloque-os imediatamente numa tigela com água gelada. Passados cerca de 5 minutos, escorra bem e espalhe-os sobre um pano de cozinha. Entretanto, leve ao lume uma fritadeira com óleo.
Vá passando os aros de cebola pela farinha, sacudindo o excesso, introduza-os no óleo quente e retire-os com uma escumadeira assim que estiverem dourados. Deixe escorrer sobre papel absorvente.
Salpique com sal fino e pimenta moída na altura.

Fonte: Revista Saberes e Sabores

21 de abril de 2012

'De coração'

Yum
Gastronomia e artesanato juntos 'de Coração'

Ideias que merecem serem partilhadas!

Imagem retirada de www.de-coracao.pt



A 'de Coração' foi criada há 6 anos com o objectivo de promover e divulgar os produtos de  Portugal, na área da gastronomia e do artesanato.
Graça Monteiro, professora do ensino secundário, reformada, encontrou no fascínio pelos usos, costumes, raízes e tradições a motivação para mudar de vida.
Dentro de uma caixa combina-se doces, mel, ginjinha, ameixas, figos em calda, vinho do Porto, vinho de Carcavelos, queijos, enchidos e outros vinhos tudo criteriosamente escolhido. Para cada produto foi criada uma peça de cerâmica, exclusiva para os servir à mesa, peças de autor, assinadas por artesãos maioritariamente da região Oeste.

Imagem retirada de www.de-coracao.pt


À venda em:
-loja gourmet do El Corte Inglés
-Gourmet das Amoreiras
-Lojas Francas de Portugal
-Marias Gourmet (Cascais)
-Mestre Jardineiro (Amarante)
-Pinto e Filhos (Coimbra)
-Casa Pereira (Lisboa)
-Cantinho Gourmet (Lisboa)
-Sintra Bazar (Sintra)
-Apolónia Supermercados (Almancil)
-Muralha Antiguidades (Guimarães)
-Ceipa (Lisboa)
-Florescente Investimentos Ibéricos (Lisboa)
-O Lusitano (Barcelona)

mais informações em www.de-coracao.pt

Imagem retirada de www.de-coracao.pt


Artigo da Revista Sete da Visão n.º 954 por Sónia Calheiros



20 de abril de 2012

Delícia de coco e laranja

Yum
"...
Minha laranja amarga e doce
meu poema
feito de gomos de saudade
minha pena
pesada e leve
secreta e pura
minha passagem para o breve breve
instante da loucura.
..."

Cavalo à solta - José Carlos Ary dos Santos


Can't get any better than this...absolutely delicious


Ingredientes:
150g 100g de coco ralado
250ml de sumo de laranja (cerca de 3 laranjas médias)
raspa de 1 das laranjas
100ml de água
300g 250g de açúcar
12 ovos
Manteiga e açúcar q.b. para untar a forma

Preparação:
Ligue o forno a 180º. Unte uma forma redonda ( eu usei de 24cm) com manteiga e polvilhe de açúcar.
Coloque o coco numa tigela juntamente com a raspa de 1 laranja e a água e envolva.
Verta o sumo das laranjas e o açúcar e envolva novamente delicadamente.
Junte os ovos, 2 a 2, e mexa bem entre cada adição.
Coloque a massa na forma e leve ao forno, em banho-maria, durante 1 hora.
Decorrido o tempo, verifique a cozedura do bolo e deixe-o arrefecer.
Desenforme para um prato e decore a gosto.

Fonte: Revista 7 dias

18 de abril de 2012

Rolinhos de febra com couve e ovo

Yum
Mudar de vida...

apetecia-me de-ses-pe-ra-da-men-te  mudar de vida; deixar de correr; olhar para os outros e perceber que também eles não correm. Vivemos os dias como se não houvesse mais nenhum, como se o tempo se fosse esgotar no segundo seguinte...

Gostava de mudar de vida....

"...
Olha que a vida não, não é nem deve ser
Como um castigo que tu terás que viver

Muda de vida se tu não vives satisfeito
Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar
Muda de vida, não deves viver contrafeito
Muda de vida, se a vida em ti a latejar
..."

foi um desabafo.....



 

Ingredientes:
4 febras
3 ovos pequenos
100g de couve cortada fininha
3 c. sopa de natas
1 cebola pequena picada finamente
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.


Preparação:
Tempere as febras de sal e pimenta.
Leve a ferver um pouco de água temperada de sal e com um fio de azeite. Quando levantar fervura junte a couve e deixe levantar fervura novamente. Deixe cozer 2 a 3 minutos. Depois de cozida, coloque a escorrer num passador de rede, até que esteja bem escorrido. 
Numa frigideira deite um fio de azeite e a cebola. Deixe refogar um pouco até que a cebola fique translúcida. Numa taça bata ligeiramente os ovos, tempere de sal e pimenta - de preferência moída na altura. Junte os ovos à cebola, bem como as natas e deixe cozinhar, mexendo de vez em quando. Junte a couve e envolva delicadamente, e retire do lume (não deixe os ovos secarem muito).
Numa tábua disponha as febras. Barre cada uma delas com a mistura de ovo e enrole. Ate os rolinhos com fio de cozinha.
Numa frigideira deite um pouco de azeite e coloque os rolinhos. Vá virando para que cozinhem uniformemente.
Retire o fio de cozinha, e parta cada rolinho em 2 partes e sirva com uma boa salada.




14 de abril de 2012

Maçã assada com recheio de arroz doce e frutos secos

Yum

Um mendigo vivia numa rua de uma cidade chinesa e segurava uma caneca o dia inteiro, pedindo arroz ou qualquer outra coisa que os passantes tivessem para dar.

Um dia, o mendigo viu um grande cortejo descendo a rua, liderado pelo imperador em seu imponente riquixá, entregando presentes aos seus súbditos. O mendigo se encheu de felicidade. “Chegou a minha grande oportunidade”, pensou Woo. “Dessa vez receberei um presente valioso”, e dançou com alegria.

Quando o imperador chegou perto dele, Woo exibiu sua caneca com grande determinação, mas em lugar de receber o esperado presente do imperador, sua Majestade pediu a Woo um presente.

O pobre Woo ficou extremamente desapontado e envergonhado; pegou nos dois menores grãos de arroz que conseguiu encontrar na sua caneca e, muito a contragosto, entregou-os ao imperador, que depois foi embora.

Durante todo o dia, Woo reclamou e resmungou. Censurou o imperador, culpou Buda, tratou mal os que se dirigiam a ele; e poucas pessoas pararam para lhe falar ou colocar grãos de arroz em sua caneca.

Nessa noite, quando chegou à sua pobre cabana e derramou seu escasso suprimento de arroz, Woo encontrou duas pepitas de ouro do tamanho exacto dos grãos de arroz que tinha dado ao imperador.  


É com esta linda lenda chinesa e receita que contribuo para a festa de aniversário do blog da Mané... 
tenho um primo que diz que festa não é festa se não tiver arroz doce!.... por isso decidi trazer para a festa da Mané o tão tradicional arroz doce mas com uma "leve" alteração...

espero que gostem, espero que gostes Mané

Um beijo enorme cheio de aromas doces


Ingredientes para o arroz:
125g de arroz
500ml  de leite
1 casca de limão
175g de açúcar
3 gemas
1 pitada de sal
Ingredientes para a maçã:
4 maçãs reineta
75g de mistura de frutos secos a gosto
35g de manteiga
50g de açúcar
1 c. chá de brandy
1 c. café de canela
açúcar em pó q.b.

Preparação do arroz:
Num tacho, leve ao lume a cozer o arroz em bastante água temperada de sal. Qunado cozido, escorra-o e adicione-lhe o leite. Leve a ferver mais 5 minutos. Junte depois a casca de limão e o açúcar, deixe ferver 15 minutos e retire. Bata as gemas, misture-lhes um pouco do caldo do arroz e junte-as em fio ao arroz, mexendo sempre. Leve de novo ao lume só para aquecer, sem ferver, e retire.
Preparação das maçãs:
Pré-aqueça o forno a 180º.
Retire o topo das maçãs e reserve. Com a ajuda de uma colher retire o interior das maçãs. Pique o miolo das maçãs juntamente com os frutos secos. Num tacho coloque o preparado anterioe, o açúcar e a manteiga. Cozinhe em lume médio durante 4 minutos. Junte  o brandy e a canela, envolva e retire do lume.

Ao preparado de maçã junte o arroz-doce, envolva delicadamente e recheie as maçãs. Coloque o topo que tinha reservado.
Coloque as maçãs num pirex e leve ao forno durante 10 minutos.

Polvilhe de açúcar em pó e sirva quente.

fontes:
Estória:http://www.wooz.org.br/contadora/historiadia.htm 
Arroz-doce: Tele culinária Doces Pecados n.º 2
Maças recheadas: Continente Magazine n.º 15 Dezembro 2011


1 de abril de 2012

Bolo de claras

Yum
Este bolo é puro floco de neve!




























Ingredientes:
100g de manteiga sem sal
350g 300g de açúcar branco RAR
350g de farinha de trigo com fermento
200ml de leite
1 c. sopa de óleo
raspa de 1 limão ou laranja
6 claras de ovos
1 pitada de sal.

Preparação:
Bata a manteiga com o açúcar e adicione a farinha, intercalando com o leite. Acrescente a raspa do limão ou da laranja. Junte o óleo. Bata as claras em castelo com a pitada de sal. Adicione, delicadamente, as claras à massa. Leve ao forno, numa forma untada com margarina e polvilhada de farinha.

Fonte: Pacote de açúcar branco RAR




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...